Governo do Estado do Espírito Santo
14/11/2017 13h59 - Atualizado em 14/11/2017 14h00

Esesp realiza turma piloto do curso CHA para inovação

Quais são os comportamentos, habilidades e atitudes necessárias para inovar? Com o objetivo de responder a essa pergunta, a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp) realizou, nesta segunda-feira (13), o workshop ‘CHA para Inovação’, destinado a um grupo de servidores que integram a turma experimental da nova Trilha proposta pela instituição.

A formação foi comandada pelo docente Peter Altoé e possibilitou pensar e discutir as competências necessárias para que os profissionais possam adotar posturas inovadoras no seu dia a dia de trabalho. A elaboração do conteúdo contou com a participação do Laboratório de Inovação na Gestão (LAB.ges), da Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger).

De acordo com a diretora-técnica da Esesp, Sylvana Torres, o principal ponto dessa ação é trabalhar o ser humano como peça chave desse processo. “O importante do workshop é reposicionar o lugar das pessoas e marcar o papel fundamental que elas têm para criar uma cultura de inovação. Máquinas não inovam sozinhas”, disse.

 

A ação

O encontro foi dividido em dois momentos. Na parte da manhã, foram trabalhados os temas: conexão para a inovação, os elementos para inovar do serviço público e as 10 faces do líder inovador. Já à tarde, ganhou destaque a discussão sobre o DNA dos inovadores, o laboratório de competências e o Café Mundial – cocriando possibilidades.

De acordo com o docente, o encontro possibilita construir conhecimentos a partir da coletividade. “A minha intenção não é trazer respostas prontas ou receitas de bolo. O objetivo é pensarmos conjuntamente quais são as características que temos hoje que ajudam a inovar e quais são aquelas que precisamos trabalhar e desenvolver”, pontuou.

O CHA para Inovação é o terceiro curso proposto pela nova Trilha de Inovação. Antes, a turma piloto já havia participado da primeira capacitação, que abordou os conceitos da inovação e a sua reflexão, e da segunda formação, com uma oficina de Design Thinking. Neste mês essa trilha começa a ser disponibilizada para os servidores em geral.

 

Escola de Governo

O lançamento de soluções educacionais com foco na inovação – em parceria com o LAB.ges – faz parte de uma série de ações empreendidas pela Esesp nos últimos anos. Uma delas foi a própria revisita ao seu portfólio. Desde 2015, a instituição abandonou o catálogo de cursos, que era fechado, e adotou a ideia do portfólio, com ofertas que se adaptam às necessidades dos servidores.

O material evoluiu, agora, para as Trilhas de Aprendizagem, que mostram os “caminhos” por onde os profissionais precisam passar para desenvolver determinadas competências, mas que também trazem como premissa a adaptabilidade e flexibilidade.

Outras ações que foram desenvolvidas pela Escola nos últimos anos foram: a atualização de cursos; a abertura de novas ofertas e novos meios de aprendizagem, como as rodas de conversa; o lançamento da Educação a Distância (EaD); e o fortalecimento das demandas customizadas. Todos esses movimentos ajudaram firmar o espaço da Esesp como uma verdadeira Escola de Governo, que se caracteriza por ser um espaço aberto e adaptável às novas necessidades do serviço público e às suas alterações.

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Esesp

Renan Correia Chagas

renan.chagas@esesp.es.gov.br

Tel.: 3636-6720 / 3636-6719

 

Assessoria de Comunicação da Seger

Vitor Possatti Rodrigues

Tel.: 3636-5206 / 99949-6018

 

Texto: Renan Chagas

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard