Governo do Estado do Espírito Santo
09/02/2018 09h45

Esesp adota novos recursos tecnológicos

As atividades de capacitação desenvolvidas pela Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp) contarão com diferentes recursos tecnológicos. Neste ano, os servidores que passarem pelos cursos e outros eventos promovidos na sede da instituição poderão ter acesso a essas novas ferramentas durante o processo de ensino-aprendizagem. 

No total, a Escola de Governo adquiriu 40 novos tablets. O intuito é que eles sejam usados, por exemplo, nas ações em que o cursista necessita acessar a internet para realizar exercícios e buscar informações. Os aparelhos também permitem aos participantes acessarem uma ampla diversidade de materiais adicionais e em diferentes formatos. 

Além disso, a Esesp adquiriu quatro lousas digitais que devem ser instaladas nas salas de aula ainda no primeiro trimestre deste ano. Os equipamentos possibilitam a apresentação os conteúdos - como imagens e vídeos - de maneira interativa, dinâmica e em tempo real, fugindo dos padrões tradicionais das aulas e aumentando a troca entre cursistas e docentes. 

De acordo com a diretora técnica da instituição, Sylvana Torres, esses investimentos fazem parte de uma série de inovações implantadas nos últimos anos. “Em um mundo marcado por constantes mudanças e atualizações, as práticas em sala de aula não podem ficar desarticuladas deste cenário. Cabe ressaltar que as ferramentas tecnológicas adotadas sustentam um trabalho de renovação metodológica em processo. Quando as práticas pedagógicas correspondem aos desafios deste mundo contemporâneo, os resultados podem ser muito mais eficazes e sustentáveis”, disse. 

Essas novas tecnologias serão acompanhadas de metodologias inovadoras para docentes. Desde o fim do ano passado a Esesp vem promovendo uma série de workshops voltados a esse público. Até o momento, foram realizadas quatro turmas da oficina “Gestão de Aprendizagem Inovadora" e uma turma do workshop "Gestão Humana Inovadora", com mais de 130 capacitados. 

Para a diretora-presidente da Escola de Governo Dângela Bertoldi Volkers, essas são iniciativas que farão a diferença no processo de aprendizagem do setor público. “Com essas novas ferramentas e novas metodologias de ensino-aprendizagem, poderemos desenvolver competências pessoais e profissionais capazes de corresponder às necessidades de aprendizagem dos indivíduos, grupos e organizações. E quem ganha é a população, que terá uma prestação de serviço cada vez mais qualificada”, pontuou. 

Informações à Imprensa: 

Assessoria de Comunicação da Esesp

Renan Correia Chagas

renan.chagas@esesp.es.gov.br

Tel.: 3636-6720 / 3636-6719

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard